Notícias

26 de dezembro de 2018

FISCO MANTÊM PARALISAÇÃO DAS ATIVIDADES E COBRA PAGAMENTO DE SALÁRIOS

Hoje, 26, no saguão da Secretaria de Estado da Tributação – SET/RN, 42 auditores fiscais, que ocupam postos de chefia na SET/RN e os diretores e coordenadores das Unidades Regionais, decidiram renunciar aos cargos após Assembleia Geral Extraordinária, que contou com a presença de 140 auditores fiscais entre ativos, aposentados e pensionistas, em protesto contra os atrasos de salários. A categoria ainda não recebeu os salários de novembro, e, nem se quer os 13º salários de 2017 e 2018, como também não têm perspectivas de recebimento do salário de dezembro.

“Esta iniciativa é um ato de repúdio, protesto e demonstração de unidade da categoria Fisco RN. O Sindicato defende a legitimidade do movimento, que conta com a adesão maciça dos seus filiados e agora também dos gestores da SET, e busca através desta medida, pressionar o Governo para anunciar o pagamento dos salários de novembro até o dia 28 de dezembro”, afirma presidente do SINDIFERN, Fernando Freitas.

 

O Sindicato ainda destaca que o atendimento à população, bem como as atividades nos locais de trabalho irão continuar suspensas até sexta-feira, 28, das 09h às 12h, enquanto o Governo não garantir o pagamento de novembro até 28 de dezembro. " O Gabinete Civil disse que irá dar uma resposta à categoria até às 16h, desta quarta-feira, 26, sobre a folha salarial de novembro. Logo após, atualizaremos a categoria sobre o posicionamento do Governo”, destacou Freitas.

O SINDIFERN, com apoio da Associação dos Procuradores do Estado - ASPERN, também deu entrada no mandato de segurança coletivo, pedindo o bloqueio das contas do Governo, para que o saldo que resta seja utilizado, exclusivamente, para o pagamento dos salários de novembro.